Conheça o Fórum de Inovação da FGV-EAESP e como se forma uma cultura inovadora

O Fórum de Inovação foi criado por professores da Escola de Administração de São Paulo (EAESP) da Fundação Getúlio Vargas (FGV), em 2000, em parceria e participação ativa de organizações interessadas em desenvolver, no Brasil, a prática da capacidade de inovar. O objetivo era criar condições para iniciar uma pesquisa sobre o tema inovação, a gestão inovadora mais do que a inovação em si.  A missão é estimular e viabilizar a investigação, a difusão e a aplicação de conhecimentos sobre organizações inovadoras, tornando-se um referencial brasileiro no tema. O país será um lugar melhor a partir das apropriações da tecnologia e de gestão inovadora nas empresas e instituições diversas.

Os valores do Fórum são: a permanência, a relevância e a contribuição para a sociedade.

Os objetivos são:

  • Sistematizar o conhecimento e a prática da inovação em empresas;
  • Integrar conceitos acadêmicos e realidade empresarial;
  • Estuda a inovação como direcionador estratégico para o país;
  • Compartilhar conhecimento entre empresas de segmentos diversos, em uma comunidade multicultural e multidisciplinar;
  • Gerar riqueza a partir da visão de inovação como estratégia.

O Fórum possui um portal Fórum de Inovação 2.0 em que é possível acompanhar as atividades e projetos desenvolvidos, desenvolvidos em torno dos seguintes elementos:

  • Geração: pesquisas, teses e dissertações; estudos de casos, desenvolvimento de metodologias.
  • Sistematização: Compartilhamento de experiências; portal do Fórum de Inovação.
  • Difusão: Atividades de educação e ensino; publicações e workshops.
  • Aplicação: Aplicação das metodologias.

 

Outros fóruns de inovação já funcionam por todo o Brasil, como o Unisinos (Rio Grande do Sul), a UFBA (Bahia), UFMS (Mato Grosso do Sul) e internamente os fóruns têm criado redes de conhecimento, grupos interessados em desenvolver temas específicos na área de inovação: como redes colaborativas, inovação em micro e pequenas empresas e o InovarEduca.

 

 

O Fórum e seus colaboradores entendem Inovação como:

 INOVAÇÃO = IDEIA + AÇÃO + *RESULTADO

Resultados positivos para fundadores, investidores e demais stakeholders, com Sustentabilidade e por um prazo razoável. Se a ideia não levou a nenhum resultado ou ação então ela não é inovadora.

O foco sempre é a contribuição para todos.

Metodologia da inovação: roda de inovação

A lógica é que o eixo da transformação de uma organização está na liderança, se ela não estiver interessada o processo não irá acontecer. Se a liderança está interessada ela cria condições para que o ambiente e a cultura se modifiquem e promovam liberdade eliminando o medo de errar. As pessoas são os agentes de mudança e transformação, são agentes e não recursos. A partir da liberdade as pessoas irão inovar, criar e surpreender!

 

Inovar:

(lat innovare) vtd 1 Fazer inovações, introduzir novidades em (leis, costumes, artes etc.). 2 Produzir algo novo, encontrar novo processo, renovar: Inovar a execução de um trabalho. 3 Introduzir (palavras) pela primeira vez em uma língua. (Dicionário Michaelis)

Culture of Innovation
Learn about the Innovation Forum of FGV-EAESP and how to create a culture of innovation
The Innovation Forum was created by teachers of the School of Administration of São Paulo (EAESP), part of the Getúlio Vargas Foundation (FGV), in 2000, in partnership and active participation of organizations interested in developing the practice of the ability to innovate. The goal was to create conditions to start a research on the innovation theme, focusing on the innovative management more than the innovation itself. The mission is to stimulate and facilitate research, dissemination and application of knowledge about innovative organizations, while becoming a benchmark on this theme. The country will become a better place by the appropriation of technology and innovative management in companies and institutions.
The cornerstones of the Forum are: permanence, relevance and contribution to society.
The goals are:
• Systematize the knowledge and practice of innovation in enterprises;
• Integrate academic concepts and business reality;
• Study innovation as a strategic guideline for the country;
• Share knowledge between companies of various segments, in a multicultural and multidisciplinary community;
• Generate wealth while perceiving innovation as a strategy.
The Forum has an Innovation Forum 2.0 portal where it is possible to monitor the developed activities and projects, based on the following elements:
• Generation: research, theses and dissertations; case studies, development of methodologies.
• Systematization: experience sharing; portal of the Innovation Forum.
• Diffusion: education and teaching activities; publications and workshops.
• Application: application of methodologies.

Other innovation forums are already in force all around Brazil, like the Unisinos (Rio Grande do Sul), the UFBA (Bahia) and UFMS (Mato Grosso do Sul). Also, the forums have internally created knowledge networks and groups interested in developing specific topics in the area of innovation, like collaborative networks, innovation in micro and small enterprises and the InovarEduca.

The Forum and its employees see innovation as:
INNOVATION = IDEA + ACTION + *RESULT
*Positive results for founders, investors and other stakeholders, with sustainability and reasonable duration. If the idea does not lead to any results or actions, then it is not innovative.
The focus is always the contribution to everyone.
The logic is that the axis of the transformation of an organization is in the leadership, if the lead is not interested, the process is not going to happen. If the leadership is interested it creates conditions for the environment and the culture to change and promote freedom by eliminating the fear of making mistakes. People are the agents of change and transformation, not the resources. From freedom people will innovate, create and surprise!

Innovate:
(lat innovare) v.tr. 1 To make innovations, introduce something new (laws, customs, arts etc.). 2 To produce something new, find new processes, renew: Innovate on how to perform a job. 3 Introduce (words) for the first time in a language. (Michaelis Dictionary)